Saiba mais sobre nosso movimento: Entrevista concedida por representantes do MCC/SP ao Portal iG



Concentração ocorrida em 7 de setembro, no vão do MASP
(São Paulo). Imagem: MCC
Qual vai ser a real participação do MCC nos protestos de 7 de setembro?

A real participação do MCC em 7 de setembro é a mesma que sempre defendemos. Queremos um Brasil mais justo, livre de corrupções. Mas para isso lutamos de forma totalmente pacífica e apartidária. Não influenciamos nossos seguidores a defender e nem a atacar determinado partido ou político, levamos a eles apenas as informações da maneira mais neutra possível.


Em quantas cidades, o grupo pretende de fato ter representantes?

Conforme levantamentos, temos participantes do movimento, em diversos níveis e esferas, em mais de 1000 cidades pelo Mundo. No entanto, não temos um controle explícito daqueles que aderirão a esta manifestação em específico.

 O grupo pretende liderar protestos em alguma cidade? 

Temos representação em várias cidades, porém entendemos que isso acontece com outros grupos também e é um fator que deve ser respeitado. E essa manifestação em especial, não é do MCC ou do grupo tal... É do povo, é de cada brasileiro que como nós se cansou de tanta corrupção, de tanta coisa errada em nosso país.


Vocês vão encabeçar alguma manifestação em São Paulo, Brasília ou Rio de Janeiro?


Estaremos presentes em todas, mas como já dissemos, acreditamos que essa seja uma manifestação do povo. Muitos grupos foram criados, alguns com a mesma ideologia que nós, outros não, portanto, não podemos tomar a frente, devemos respeitar cada grupo e seus seguidores, assim como queremos que respeitem nosso modo de pensar.

O MCC é a favor de intervenção militar? O grupo se considera de qual corrente? Direita, Esquerda, Extrema-direita, extrema-esquerda?

Não, não somos a favor de intervenção militar alguma. Somos um grupo democrático, legalista, popular, pacífico, multifacetado, horizontal e apartidário. Não nos consideramos de coloração ideológica alguma, tendo em vista que, segundo o que cremos, o combate à corrupção é um dever de todos. Ainda que as pessoas possam divergir quanto ao objeto de investimento público, de acordo com a concepção ideológica, caso ocorra desvio de verbas e corrupção em geral tais objetivos serão do mesmo modo afetados.


Assim, estamos abertos a todas estas concepções ideológicas, com exceção, evidentemente, das extremas (direita e esquerda), pois costumam, a depender da perspectiva, negar os valores democráticos, os quais são essenciais para o combate à corrupção, tendo em vista que a publicidade, a participação popular, a liberdade de imprensa, o controle dos gastos públicos e outros valores do Estado Democrático de Direito são essenciais para preservar a possibilidade de crítica, denúncia e, portanto, controle das ações governamentais (as quais, sob ditaduras, tendem a dar margem ampla à corrupção, tendo em vista a falta de controle).

Qual vai ser a pauta do protesto de 7 de setembro?


Iremos protocolar uma pauta com 22 reivindicações, as mais votadas pelos nossos seguidores.

Algumas que podemos destacar são:


- Fim do voto obrigatório;
- Aprovação do PRC 9/2011; 
- Aprovação da PEC 18; 
- Aprovação da PEC 280;
- Ficha Limpa para quaisquer cargos eletivos e ocupantes de cargos públicos;
- Fim do foro privilegiado para todos os agentes públicos em qualquer situação;
- Corte de 50% dos Ministérios, secretarias e cargos comissionados.

 Quantas pessoas, mais ou menos, o MCC terá nos protestos no sábado?


Como não somos um grupo vertical e hierarquizado, não podemos garantir a presença de ninguém, tendo em vista que esta é voluntária.

No entanto, conforme a repercussão entre os seguidores, a tendência é a de que seja um protesto de dimensão razoável.

O protesto de 7 de Setembro deste ano tem um temor maior quanto aos Black Bloc? Não é um fenômeno novo, mas que cresce nos protestos brasileiros principalmente neste ano. COmo é que vocês estão vendo isso? Tem algum receio de degringolar para vandalismo depois que o MP endureceu contra integrantes deste movimento? Esta é a grande diferença entre este protesto de 7 de Setembro e o de outros anos, certo?


É possível que ocorra, tendo em vista tais fatos, bem como a própria ideologia do grupo Black Bloc. No entanto, o MCC não compactuará com tais atos, caso ocorram, tendo em vista que destoa de nossos princípios e perspectivas, essencialmente pacíficos.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...